PARTE DE MIM....

PARTE DE MIM....
(Reprodução proibida sem autorização do autor. Todos os direitos reservados.)

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Queria adiar o que sinto



Queria adiar o que sinto,
Talvez parar o tempo,
Ou quem sabe
Reviver a vida
Dentro de outro tempo
Não sabendo o que sei
Imaginando outras gentes,
Espaços limpos
Onde o amor
Cheirasse a verão,
E a solidão
Não tivesse rosto
Nem sabor,
Quem sabe
Se conseguisse vestir
O medo,
Transformando o segredo,
Pisando novo chão
Sem indecisões
Ou palavras vãs,
Onde a imaginação
Não murchasse,
e a vida
tivesse outro sentido,
já não sei
o que sinto,
apenas consigo
acordar
e… isso faz-me medo
de não conseguir
de novo espaço
para amar….
Solto as palavras
Que estão amarradas
a um passado presente,
Solto….
Tudo o que me vai
Na mente,
E nas horas das tristezas
Não consigo
Ter certezas…
Então… espreito os meus segredos
Na tentativa
De espantar
Os meus medos,
E tento voar
Mas as asas estão presas,
Caio em silêncio,
O mesmo que me envolve
Quando a noite
Também caí….
E assim permaneço
Com medo….
By me ANA
2011/09/06

(imagem retirada da net)

2 comentários:

intimidades disse...

O medo…
Bloquei de todas as coisas…
Quantas vezes por medo deixamos de ser/procurar
Ou até deixar de sermos procurados…
1Bj Bárbara

BARBARA disse...

o medo....
às vezes não conseguimos gerir os nossos comportamentos por medo....fazemos associações e reacções que nem sempre são fidedignas....nem se assemelham minimamente ao que sentimentos, mas reagimos com medo de algo .....por medo fechamo-nos num casulo que não se deixa desfiar e ali permanecemos...com medo....e na esperança de estarmos protegidos...quantas vezes não estaremos enganados!!...mas por medo deixamos andar ...até um dia....quem sabe se esse medo se transforma deixando a vida tomar também outra forma! AB
Abraço para ti que me lês e ao fazê-lo também me aqueces a alma.