PARTE DE MIM....

PARTE DE MIM....
(Reprodução proibida sem autorização do autor. Todos os direitos reservados.)

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

PARA ONDE VOU


PARA ONDE VOU


Estou cansada de tanto lutar

tal como o vento arranca as folhas

brincando com elas

eu...sinto-me uma marioneta

dentro de uma vida que não escolhi

foi-me imposta no rodar do tempo,


aqui estou eu...envelhecendo

o rosto amadurecido

revela traços de uma tristeza

que não consigo arrancar,


por muito que sonhe

contigo e comigo,

nada muda e o tempo continua

sem se importar

que dentro do meu peito

exista algo que gostaria de mudar...


são sonhos,

lembranças,

momentos,

ilusões

nesta solidão,

entre tu e eu

nada mais existe,

peço desculpa à vida

por não ser compreendida,

peço desculpa ao tempo

por não ter talento,

peço-me desculpa

por não entender

nem saber bem o que fazer,


mas de nada adianta

tudo não passa de meras falácias,

desencontros,

uns, vividos

outros por viver,

e aqui estou eu

a navegar dentro de um corpo

que já pouco tem para dar...ou dizer


olho de soslaio para o relógio

que não pára de rodar

penso....onde tudo isto irá parar,

quem se interessa para onde vou

de onde venho

quem sou

a quem pertenço,

se ouço,

se ceguei,

ou se nesta vida

por um dia vivi....


pergunto-me! Para onde vou!

By me ANA

2011/08/22

(foto retirada da net)

2 comentários:

intimidades disse...

Quando damos conta que estamos cheios de um vazio …
E que nem os sonhos nesses momentos nos alentam. a dor se fás presente….
Fechamos os olhos e chamamos os sonhos, pois é a única coisa, que nos alimenta…
na esperança que um dia ao abrir da porta, os olhos se iluminem, a tanto apelo..
1Bj… Gosto muito de te ler

BARBARA disse...

tem dias que o brilho que se transporta no olhar é de esperança de um dia tudo mudar, outros há que a dor da ilusão os fazem chorar, mas sem saber muito bem porquê quando ambas se tocam, fica um vazio, frio que chega a entorpecer a memória e aí espreita o medo....cinzento, sem brilho, baço...é nesse momento que agradeço e me lembro que nunca estou só....existe sempre alguém desse lado! bj