PARTE DE MIM....

PARTE DE MIM....
(Reprodução proibida sem autorização do autor. Todos os direitos reservados.)

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Ais


(imagem retirada da net)

Ais....

As palavras rebentam em forma de vulcão
queimam a pele,
sinto-as,
enquanto escorregam
devorando na sua passagem...
algumas têm que ser quebradas
algumas são levadas
pelo vento,
e sem meu consentimento
algumas incrustam-se no pensamento,

grito
Ais de dissabores
olhares que me roubam os amores,
quase que sufoco
dentro deste meu gritar
mas eles os Ais
teimam em não me deixar...

o corpo debate-se
prostrado caí
pouco importa se a mente
já não o suporta
tudo tem o seu fim
mas não foi este que sonhei
para mim....

luto...
debato-me uma e outra vez
arrancando das entranhas
os ais malditos

transformo-os
em acordes sem Dó
arrasto-me,
dentro de um ringue
de forças desiguais
onde os pulsos
quase não suportam
os ais....

caio....uma e outra vez
sinto como as pedras me acoitam
a vontade,
e já sem forças
choro lágrimas de verdade,

não existe ódio,
não existe crueldade, lamentos,
são os sonhos que se multiplicam
depurando o que resta da vida,
as palavras, essas, não se recusam
vão e vêm...
bebem-se como água
apagando o fogo
de um sexo desnudado
enquanto por ti espera
numa qualquer noite
de LUA CHEIA
by me ANA
2011/07/11
( lamento que o texto não seja mostrado com a construção que lhe dei, mas não consigo que assim seja, levando a que a intenção que lhe imprimi não fique patente)

1 comentário:

interregnum disse...

"são os sonhos que se multiplicam
depurando o que resta da vida"
Uma இڿڰۣ— Barbara